1

CULTURA Aldeia do Velho Chico invade Juazeiro, Petrolina e Lagoa Grande

Por: O Diario OLD
01/08/2018
204

As cidades de Petrolina, Lagoa Grande e Juazeiro vão vivenciar uma efervescência cultural até o dia 11 deste mês. É que nesse período mais de 100 artistas regionais e nacionais vão se apresentar no Aldeia do Velho Chico – Festival de Artes do Vale do São Francisco. Realizada pelo Sesc Petrolina, em um braço do Palco Giratório, a atividade terá shows musicais, espetáculos teatrais e de dança, literatura, cinema e oficinas.

Esta 14ª edição do Aldeia vai abordar o tema #Sua Parte Parte de Você, propondo uma reflexão sobre a política da arte e nas suas funções sociais. "Um dos objetivos é trazer ao público a ideia de que a política é construída e ressignificada a partir da ação de cada um que se soma a de outros na coletividade, assim, chegamos ao tema”, explica o instrutor de atividades artísticas do Sesc Petrolina, André Vitor Brandão.  A abertura foi ontem (1º) com o tradicional cortejo Abre Alas pro Velho Chico, partindo do Sesc e com percurso pelas principais ruas do centro comercial da cidade.

Ontem a programação aconteceu no palco montado na orla de Petrolina, com apresentações do Afoxé Filhos de Zaze (Juazeiro-BA), Reisado da Comunidade Quilombola da Mata de São José (Orocó-PE), Quadrilha Buscapé, Samba de Veio da Ilha do Massangano (Petrolina-PE), Reisado da Comunidade do Lambedor (Lagoa Grande), Quadrilha Encanto Nordestino e Tio Zé Bá (Petrolina). 

À noite teve a apresentação do grupo Cordel do Fogo Encantado (Arcoverde), em sua nova turnê: Viagem ao coração do Sol.

Hoje (2), o Aldeia contará com espetáculos musicais com as cantoras Alice Caymmi (Rio de Janeiro), no Teatro Dona Amélia, que apresentará Eu te avisei, às 21h. Antes, o público poderá conferir o Helianthus Annuus - Painel Visualidades da Aldeia, no Muro Galeria, e a exposição A Gravura de Lasar Segall, na Galeria de Artes.

Toda a programação do Aldeia do Velho Chico é gratuita, com exceção dos espetáculos realizados no Teatro Dona Amélia, que terão ingressos vendidos a R$ 20 (Inteira) e R$ 10  (Meia). Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo têm desconto, pagando apenas R$ 5. Para o show de Alice Caymmi, o ingresso custa R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia). Este ano, para ter acesso à programação do Virarte, no dia 11 de agosto, o público pode optar por pagar  ou doar 1 kg de alimento não-perecível que será doado ao Banco de Alimentos do Sesc Petrolina. Um programa de responsabilidade social do Sesc que atua para diminuir o abismo da desigualdade social no país, minimizando os efeitos da fome e da desnutrição.

 

Fonte: Diário de Pernambuco

 

O Diario OLD

2112121

Comente sobre a Materia

Create Account



Log In Your Account